Venezuela registra média de 8,5 assassinatos por dia em 2021, diz ONG

0
98


Número representa uma redução de 25% em relação ao ano anterior; país registrou 11.081 mortes violentas

Alexandre Guzanshe/Códifo 13/Estadão Conteúdo – 17/02/2009Venezuela registrou queda no número de homicídios

A Venezuela registrou 3.112 homicídios em 2021, uma média diária de 8,5, o que representa uma redução de 25% em relação ao ano anterior, segundo o relatório apresentado nesta terça-feira, 28, pelo Observatório Venezuelano da Violência (OVV). A ONG indicou que foram reportadas 11.081 mortes violentas este ano, uma categorização que inclui os homicídios, as mortes por resistência à autoridade e causas que ainda estão sendo investigadas. Assim, o número representa um índice de 40,9 mortes violentas a cada 100.000 habitantes, uma queda de 10% em relação a 2020. Já no caso dos homicídios, o número é de 11,5 a cada 100.000 habitantes, segundo a ONG.

Roberto Briceño-León, sociólogo e presidente do OVV, assinalou que Venezuela e Honduras são os países “mais violentos da América Latina”. Segundo o especialista, a redução dos números este ano responde, em princípio, à paralisação causada pela pandemia de Covid-19, mas também ao aprofundamento da crise econômica, com oito anos de recessão e quatro de hiperinflação, o que leva a uma “redução das oportunidades de crime”. Em relação às mortes cometidas por policiais em2021, que se classificam como “resistência à autoridade”, o OVV registrou 2.332, outro índice que apresentou queda em relação à 2020. Já as chamadas “mortes sem averiguação”, cujas causas não foram elucidadas, fecharam em 4.003,enquanto os suicídios ficaram em 1.164. Por fim, a ONG também começou a registrar as pessoas desaparecidas este ano, estimadas em 1.634.

*Com informações da AFP





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui