Uso de máscara em locais abertos deixa de ser obrigatório em Ilhabela

0
13


Município se torna o primeiro do Estado de São Paulo a decretar fim da obrigatoriedade da proteção; prefeito usou como justificativa a baixa taxa de contaminação e a vacinação

MÁRCIO PANNUNZIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOIlhabela determinou fim da obrigatoriedade das máscaras

Moradores de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, não têm mais a obrigação de usar máscaras em ruas, praias, parques e outros locais abertos a partir deste sábado, 20. A cidade é a primeira no Estado a flexibilizar o uso da proteção por meio de decreto, assinado nesta sexta-feira, 19, pelo prefeito Toninho Colucci (PL). O decreto também cria o passaporte da vacina para o município. Mesmo com o decreto municipal, o governo do Estado de SP continua a reforçar a necessidade do uso da máscara até mesmo em ambientes abertos, com previsão de multa que varia de R$ 552,71 (em caso de pessoas) a R$ 5.294,38 (no caso de estabelecimentos). A apresentação do comprovante de vacinação com pelo menos duas doses será obrigatória na cidade para entrar em escolas, repartições públicas, meios de transporte, hospitais e estabelecimentos comerciais, incluindo bares, restaurantes, hotéis e pousadas. Aqueles que não respeitarem a solicitação dos documentos podem ser multados. O prefeito alegou o alto índice de imunização da cidade e a baixa taxa de contaminação como razão para abandonar o uso da máscara. Ao todo, 92% das pessoas receberam a primeira dose e 84% têm a imunização completa. A obrigatoriedade da máscara continua a valer em eventos que promovem aglomerações, como casamentos e festas.

*Com informações do repórter Fernando Martins





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui