Tom Morello rebate decisão considerada racista em tribunal dos EUA: “não lamente, organize”

    0
    10


    Tom Morello
    Divulgação

     

     

    Nos últimos dias, o julgamento de Kyle Rittenhouse deixou muitas pessoas indignadas. Em meio a diversas outras personalidades, quem se pronunciou sobre o tema foi o guitarrista Tom Morello, bastante conhecido por seu ativismo.

    O músico de bandas como Rage Against the Machine Audioslave usou o Twitter para relembrar uma frase de Joe Hill, ativista e compositor executado em 1915: “não perca nenhum tempo lamentando, organize”. Em sua publicação, Morello escreveu:

    Quando os tribunais fazem o que eles são designados para fazer e protegem e fortalecem a supremacia branca: não lamente, organize.

    Tom Morello comenta julgamento de Kyle Rittenhouse

    A fala do guitarrista acontece por conta da decisão de inocência de Kyle Rittenhouse, um rapaz de 17 anos que empunhou uma arma durante as manifestações do movimento Black Lives Matter em Kenosha, Wisconsin, e deixou três vítimas fatais com seus disparos.

    Julgado em júri popular, Rittenhouse foi inocentado e a decisão gerou diversas críticas como a de Morello, que buscam explicar que a falha não está necessariamente na aplicação do julgamento, mas sim em como o sistema foi construído para proteger pessoas brancas.

    Kyle alegou “legítima defesa” no tribunal, algo que também foi alvo de críticas pois, de acordo com a promotoria, “não é possível alegar legítima defesa contra um perigo que você próprio cria”.

    Complicado.

     

     

     

    Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.

     





    Source link

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui