Sidney Poitier, primeiro ator negro a ganhar um Oscar, morre aos 94 anos

    0
    122


    Sidney Poitier
    Foto via Wikimedia Commons

     

    Sidney Poitier, o primeiro homem negro a ser indicado e a ganhar um Oscar, morreu aos 94 anos de idade nesta sexta-feira (7).

    Sua morte foi noticiada pelo Ministro das Relações Exteriores das Bahamas, seu país de criação. Até o momento da publicação desta notícia, a causa do falecimento do ator ainda não foi divulgada.

    Que descanse em paz!

    Sidney Poitier

    Apesar de ter crescido nas Bahamas, Sidney era americano, já que nasceu “por acidente” durante uma viagem de sua família a Miami, em 1927. Aos 16 anos, o ator imigrou para Nova York, onde começou a correr atrás do seu sonho de atuar.

    Na cidade, Poitier trabalhou como zelador do American Negro Theatre, e recebia seu pagamento em aulas de atuação. Sua estreia no palco chegou pouco depois, no espetáculo Days of Our Youth, como substituto de Harry Belafonte.

    Em 1950, veio seu primeiro papel principal em um filme, quando interpretou o Dr. Luther Brooks — primeiro médico negro em um hospital municipal e responsável por curar dois jovens racistas. Por conta do papel, Sidney virou um herói nas Bahamas, e a comoção foi tanta que o país censurou o filme. A censura causou protestos em toda a nação, e sua influência política acabou resultando na derrubada do domínio britânico.

    Sua história no Oscar começou em 1958, quando foi o primeiro homem negro a ser indicado para Melhor Ator. O prêmio veio em 1964, pelo seu papel no filme Uma Voz na Sombra, de 1964.





    Source link