Senadores aliados do governo já admitem mudanças em texto da PEC dos precatórios para aprovação

0
14


Com acordos entre parlamentares, proposta deve ser votada na CCJ na próxima semana

Waldemir Barreto/Agência SenadoFernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo no Senado

Aliados do governo federal já admitem publicamente que o texto da PEC dos Precatórios deverá mudar para conseguir avançar no Senado. É exatamente isso que está sendo negociado entre os líderes, inclusive com a participação dos partidos de oposição. Hoje, uma reunião deve esboçar a primeira proposta de acordo. A equipe econômica do governo também está monitorando as possíveis mudanças nesse texto para não desidratar a proposta original, que garante um recurso de R$ 90 bilhões para financiar o Auxílio Brasil. Segundo os cálculos dos parlamentares de oposição, pelo menos 35 dos 81 são contra o texto que foi aprovado pela Câmara dos Deputados. Assim, o Planalto não teria os 49 votos suficientes para conseguir aprovar a proposta. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, assumiu as negociações e já fala em ajustes. “A PEC tem que ser submetida à apreciação da Comissão de Constituição e Justiça. Estamos trabalhando para que ela seja avaliada e deliberada na próxima semana, na próxima quarta-feira. Conversei com o presidente da CCJ, senador Davi Alcolumbre“, comentou. A expectativa é que, com todos os acordos costurados, a PEC seja votada na quarta-feira da semana que vem na CCJ. Essa agenda foi acertada entre o senador Fernando Bezerra e o presidente da comissão, Davi Algolumbre.

*Com informações da repórter Iasmin Costa





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui