Pink Floyd libera, de surpresa, 12 álbuns ao vivo gravados principalmente em 1971 – Música

    0
    73


    O Pink Floyd preparou uma surpresa para os seus fãs. Os serviços de streaming receberam nada menos que 12 álbuns ao vivo oficialmente inéditos do então quarteto. A maioria deles traz registros feitos em 1971 – há uma apresentação de 1970 e outra de 1972 também. Ou seja, são concertos realizados antes deles se tornarem uma das mais famosas bandas da história, o que se deu a partir de março de 1973 com a chegada do, logo, onipresente “The Dark Side Of The Moon”.

    Nessa época, eles estavam divulgando o álbum “Atom Heart Mother” (lançado em outubro de 1970), mas já estavam com a cabeça em “Meddle” (que sairia apenas em novembro de 71). “Echoes“, a ambiciosa peça que tomaria todo o lado B do disco pode ser ouvida em seis versões diferentes.

    Canções como “Embryo“, que eles tocavam frequentemente em shows mas nunca encontrou espaço em um disco de estúdio oficial da banda, “Careful With That Axe, Eugene“http://entretenimento.r7.com/musica/vagalume/,”A Saucerful Of Secrets” e a própria “Atom Heart Mother“, músicas que eles foram deixando de tocar com o passar dos anos, também podem ser ouvidas diversas vezes.

    O mais fascinante destes registros talvez seja o feito em Tóquio, em março de 1972. Para os japoneses eles mostraram versões ainda embrionárias de músicas que, pouco depois, ganhariam o mundo.

    Apesar da qualidade sonora não primar pela alta fidelidade, é fascinante ouvir canções como “Time” ou “The Great Gig in the Sky” de maneira bem diferente daquela a que milhões de milhões de pessoas se acostumaram depois do lançamento de “The Dark Side…” (que vendeu, estima-se, mais de 45 milhões de cópias ao redor do mundo). A se lamentar apenas que “Us And Them” não tenha sido gravada na íntegra – apenas os primeiros 75 segundos da música foram salvos.

    Ouça:

    Clique para ver no Vagalume

    Fonte: Vagalume



    Source link