Neil Young faz apelo para que funcionários deixem o Spotify antes que empresa “devore suas almas” – Música

    0
    106


    Neil Young voltou a se posicionar publicamente contra o Spotify e outras corporações gigantes. O cantor e compositor, que retirou seus discos da plataforma por não concordar que ela dê espaço para o podcast de Joe Rogan, agora pediu para que os funcionários da companhia deixem a empresa antes que suas almas “sejam devoradas” por ela.

    Aos músicos, ele também fez uma apelo para que eles também se unam ao boicote. “Vocês precisam achar um lugar melhor que o Spotify para abrigar a sua arte”, escreveu em declaração publicada em seu site oficial.

    Young disse que o grande problema não é Rogan, que faz um podcast de sucesso, e que comumente abre espaço para que militantes antivacina divulguem suas ideias no programa, mas sim Daniel Ek, o chefe executivo da gigante do streaming musical. Segundo Neil ele é quem puxa as cordas e só está preocupado com números e não com arte ou criatividade.

    Neil. 76 anos, também falou para a sua geração ao lembrar que 70 por cento dos ativos financeiros dos EUA está na mão dos baby boomers e apenas cinco na dos millennials. “Vocês e eu é que temos que liderar (essa luta).”

    Nesse caso, a preocupação do canadense é para com algo muito maior: a crise climática e ambiental. Ele pediu para que as pessoas tirem seu dinheiro de quatro grandes bancos: Chase, Citi, Bank of America e Wells Fargo – por continuarem financiando empreendimentos voltados à extração de combustíveis fósseis, “mesmo quando a temperatura global continua subindo”. “Vocês têm o poder de mudar o mundo. Nós podemos fazer isso junto. Seus netos irão agradecê-los.”

    Fonte: Vagalume



    Source link