Na contramão dos cancelamentos, Paes diz que Rio está ‘pronto’ para as festas

0
125


Municípios do Rio de Janeiro anunciaram que não pretendem fazer as festividades em 2022 para conter possíveis avanços da Covid-19, mas prefeito da capital fala em ‘condições seguras’ para os eventos

FERNANDO SILVA /FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOGestão municipal segue apostando na vacinação como a principal arma contra a Covid-19

Algumas cidades do Estado do Rio de Janeiro já anunciaram que não pretendem fazer festas de Carnaval em 2022 em razão da pandemia de Covid-19. No geral, os municípios que já fizeram o anúncio não carregam a tradição festiva, como, por exemplo, Mesquita, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Paracambi, Barra Mansa e Volta Redonda. Por outro lado, alguns locais que têm mais tradição ainda estão mantendo o planejamento e cronograma para os eventos, como Nilópolis, Nova Friburgo, Rio das Flores e a própria capital do Estado. O secretário municipal de saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, afirmou que, neste momento, não há razões sanitárias e epidemiológicas para medidas de restrição, como o cancelamento do Carnaval e Réveillon. No entanto, ele deixou claro que se a situação epidemiológica mudar, as festividades serão reavaliadas, posição também defendida pelo prefeito Eduardo Paes.

“Qualquer evento ou festividade que vão, em tese, ocorrer em algumas semanas ou meses, só vão acontecer caso haja condições seguras para tal. Garanto que o Rio está pronto para realizar os principais eventos de 2022, que são importantes para a nossa cultura, nossa economia e a vida da nossa cidade. Ainda assim, quero lembrar que ter planejamento para um evento não significa que ele vai ser realizado. Afinal, é plenamente possível cancelar”, disse o prefeito. A gestão municipal segue apostando na vacinação como a principal arma contra a Covid-19. Na cidade, quase 88% das pessoas já tomaram a primeira dose e cerca de 77% estão com ciclo de vacinação completo.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga





Source link