Lewandowski libera Roger Abdelmassih para deixar prisão e realizar perícia

0
10


Atualmente, o ex-médico cumpre sua pena de 278 anos de reclusão no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo; avaliação deverá ajudar a definir o regime de prisão

MARCELO CHELLO/ESTADÃO CONTEÚDOO ex-médico Roger Abdelmassih foi preso acusado de estuprar suas pacientes

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a internação do ex-médico Roger Abdelmassih, 78, nesta terça-feira, 23, O Habeas Corpus 209106 estabelece que o condenado será submetido a uma internação para realização de perícia médica, a fim de que seu estado de saúde seja avaliado. A partir desta avaliação, a Justiça determinará o regime prisional. Lewandowski, em sua decisão, reconhece a gravidade dos crimes cometidos por Abdelmassih, mas afirma que, diante de laudos médicos tão conflitantes, determinou sua internação para saber o real estado de saúde.

Atualmente, Abdelmassih cumpre sua pena de 278 anos de reclusão no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo por uma série de estupros de suas pacientes. Os advogados do seu ex-ginecologista relataram o quadro clínico e solicitou que a prisão domiciliar humanitária fosse restabelecida. O regime foi revogado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). De acordo com a defesa, a gravidade da doença de Abdelmassih (cardiopatia) e a impossibilidade de um tratamento correto na Penitenciária do Tremembé, em São Paulo, foram atestados por laudos médicos.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui