Lançamentos nacionais: Carmino, BAGUM & Livia Nery e Haroldo Bontempo

    0
    78


    Carmino
    Crédito: divulgação

     

    O cantor e compositor Carmino lançou nas plataformas de streaming o single “Colateral”, que mistura o Pop Rock com a experimentação e os sintetizadores do Indie Pop.

    A letra da canção brinca com temas bastante controversos para fazer metáforas a partir do término de um relacionamento. A música, inclusive, deve ganhar um clipe em breve.

    “’Colateral’ fala sobre os efeitos colaterais da saudade deixada pelo término de um
    relacionamento, quando você acha que o único jeito de curar um coração partido é correr
    atrás da pessoa que te quebrou. A letra é tão mórbida que chega a soar cômica, e a gente quis passar isso com o instrumental também. Ele tem muitas nuances e contrasta bem com a letra por ser muito mais pra cima, animado e esperançoso,” afirma Carmino, que promete novos lançamentos para o primeiro semestre de 2022.

    BAGUM & Lívia Nery

    BAGUM
    Crédito: Rafael Ramos

    A banda baiana BAGUM se juntou à cantora e compositora Livia Nery, conterrânea do grupo, para gravar o single “Era Você”, que chegou aos serviços de streaming.

    A canção traz uma sonoridade que passeia entre a música contemporânea, eletrônica, jazz e música brasileira.

    A faixa foi a primeira parceria a entrar no repertório da live de lançamento junto com outras canções de Livia que fazem parte do seu disco de estreia, Estranha Melodia.

    Haroldo Bontempo

    Haroldo Bontempo
    foto: Rafa Chernicharo

    Depois de lançar o disco Memórias do Mundo Real em 2021 com a banda Mineiros da Lua, o cantor e compositor Haroldo Bontempo liberou o clipe da faixa “Lamento de Solidão” em parceria com Lucca Noacco e Mariana Cavanellas.

    O vídeo foi dirigido por Flávio Charchar, artista visual responsável por clipes de bandas como Young Lights, Baka Dekai (Rosa Neon) e Jonathan Tadeu.

    As cenas, com coreografia assinada por Deborah Lopes e Luciana Lapér, traduzem a vontade de Haroldo de conectar a dança contemporânea ao seu trabalho musical.

    A canção vai estar no segundo álbum de Bontempo, que sucederá Músicas para Travessia (2020).

     





    Source link