IBGE: Brancos ganharam 73,3% a mais do que pretos e pardos em 2020; homens receberam 28,1% a mais que mulheres

0
80


Levantamento mostra que uma em cada três mulheres negras vivem em situação de pobreza

Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Pretos e pardos são maioria na informalidade

Pessoas brancas tiveram rendimento mensal médio 73,3% maior do que a população preta e parda em 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população ocupada branca recebia, em média, R$ 3056 no ano passado, enquanto as pessoas pretas ou pardas tinham renda média de R$ 1764. O levantamento também mostra que as mulheres tinham salário mensal de R$ 2037, enquanto os homens recebiam R$ 2608 – 28% a mais. Ainda segundo o IBGE, uma em cada três mulheres negras vivem em situação de pobreza. Entre os brancos, a taxa é de 15,1%. Já para os pretos e pardos, 31%. A porcentagem de trabalhadores negros ocupados foi maior do que a de brancos. No entanto, eles ocupam postos, principalmente, na agropecuária (60,7%), na construção (64,1%) e nos serviços domésticos (65,3%), atividades com rendimentos inferiores à média em todos os anos da série histórica. A informalidade também atinge 44,7% da população preta ou parda, ante 31,8% da população branca.





Source link