Defesa de Moro pede que Moraes analise declarações de Bolsonaro sobre suposta interferência no Coaf

0
26


Advogados do ex-ministro disseram que falas de Bolsonaro podem conter ‘pontos que são de relevância para as investigações’

BRUNO ROCHA/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOEx-ministro da Justiça e ex-juiz foi alvo de ataques de Bolsonaro

Os advogados do ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro (Podemos) pediu para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise as declarações do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre supostas tentativas de interferência na Receita Federal e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, o presidente disse que nunca pediu blindagem para Moro e atacou seu ex-ministro. “Esse cara não fez absolutamente nada para que Coaf e Receita não bisbilhotassem não só a minha vida, como as de milhares de brasileiros. Pode investigar o filho do presidente? Pode. A mulher do presidente? Pode. Mas investiga legalmente, não dessa forma como eles fazem”, afirmou Bolsonaro. Para a defesa de Moro, a fala de Bolsonaro traz “pontos que são de relevância para as investigações levadas a efeito neste apuratório”. O pedido foi encaminhado ao ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal (PF).





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui