Cruzeiro é punido com perda de mando de campo por caso de injúria racial

0
16


Jefferson, do Remo, recebeu ofensas discriminatórias de um torcedor do time adversário; clube também recebe multa de R$ 50 mil

ALAN ALENCAR/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO – 28/10/2021Partida entre Cruzeiro e Remo aconteceu no último dia 28 de outubro

A segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu nesta terça-feira, 23, por unanimidade, punir o Cruzeiro em R$ 50 mil e perda de um mando de campo pela injúria racial praticada por um torcedor contra o atacante Jefferson, do Remo, em jogo disputado no dia 28 de outubro. A partida foi disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte. Jefferson recebeu ofensas discriminatórias ao comemorar o segundo gol do Remo, marcado por ele, na vitória por 3 a 1 sobre a equipe mineira. Um torcedor xingou o atleta “macaco” e “gorila”.

O STJD ainda puniu o atacante Vitor Leque por ofender a arbitragem com quatro jogos de suspensão e multa de R$ 300. Após ser expulso, o atleta teria ofensivo o quarto árbitro. “Vocês são moleques, vieram aqui para nos prejudicar, seus m*”, disse o jogador, de acordo com a súmula. Aquele jogo também rendeu uma denúncia ao técnico Felipe Conceição, do ex-Remo. O “professor”, no entanto, foi absolvido pelo Superior Tribunal.





Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui