AO VIVO, Black Friday 2021: Acompanhe descontos, notícias e fraudes do evento

0
6


Siga em tempo real as principais novidades da data especial de ofertas no varejo, que ocorre nesta sexta, 26

CESAR CONVENTI/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOExpectativa para este ano é crescimento de 4% no faturamento do período, que deve movimentar R$ 4 milhões no Brasil

A Black Friday 2021 acontece nesta sexta-feira, 26 de novembro, e promete ser uma oportunidade de retomada das vendas no comércio e o varejo. Tradicional dos Estados Unidos, a data é marcada pelos descontos expressivos e melhores condições de pagamentos para os clientes, sendo também um sinônimo de recorde de vendas para os lojistas. A expectativa para este ano é crescimento de 4% no faturamento do período, que deve movimentar R$ 4 milhões no Brasil. Entre o clientes, o foco, mais uma vez, serão aos compras online, com 72% dos consumidores buscando adquirir produtos pela internet. Siga as atualizações em tempo real com boas oportunidades de compras e fuja da “Black Fraude“, com balanços e informações sobre os golpes. Confira abaixo a cobertura especial da Jovem Pan sobre a Black Friday 2021:


5:36 – Americanas, Amazon e Magazine Luiza lideram lista de reclamações

As lojas Americanas, Amazon e a Magazine Luiza lideram, respectivamente, as três primeiras posições da lista de empresas com mais reclamações na Black Friday. Segundo acompanhamento do site Reclame Aqui, que considera registros feitos das 12h de quarta-feira, 24, até 6h desta sexta-feira, as empresas somam, até o momento, 272, 262 e 144 reclamações dos consumidores. Embora sejam, no momento, as líderes das reclamações, o site aponta que os índices estão dentro da média histórica das empresas. Já o Carrefour, que soma 128 reclamações, tem aumento de 87% registros de protesto no site neste ano.

5:29 – ‘Black Fraude’: Clientes apontam aumento de preços e ofertas enganosas

Com a chegada da Black Friday, internautas apontam promoções enganosas e casos de “black fraude” no comércio.  Nas redes sociais, clientes mostram ofertas enganosas e preços abusivos. Para evitar possíveis golpes financeiros, a principal dica é usar mecanismos que acompanham o histórico de preço dos produtos nos últimos meses, como Zoom, Jácotei e Buscapé.







Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui