74% das escolas municipais do Rio foram afetadas por tiroteios em 2019, aponta estudo

0
39


Relatório mostra que 1.154 instituições tiveram tiroteios com a presença de agentes de segurança em seu entorno

REGINALDO PIMENTA/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDOAulas foram suspensas por causa de operações policiais e tiroteios

Pelo menos 74% das escolas municipais do Rio de Janeiro foram afetadas por tiroteios em seu entorno em 2019, segundo relatório elaborado pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC). Os dados foram recolhidos pela plataforma Fogo Cruzado, que contabilizou 4.346 episódios de violência com armas de fogo na capital fluminense. A pesquisa concluiu que 1.154 escolas foram afetadas por pelo menos um tiroteio com a presença de agentes de segurança naquele ano, o último com funcionamento normal antes da pandemia. Dessas, 57% tiveram até 10 tiroteios e 11% tiveram mais de 30 episódios.

São frequentes os casos que provocam a suspensão das aulas ou o fechamento temporário das escolas, o que causa grande impacto no rendimento escolar dos alunos. Segundo o documento, 295 escolas do Rio tiveram que fechar por pelo menos um dia em 2019 devido à violência nas operações policiais. “Presença de blindados nas proximidades da unidade, tiroteio intenso e ouvimos, também, muitas bombas. Sem condições para funcionamento”, lamentou o diretor de uma escola da zona norte após um tiroteio ocorrido em 19 de março, em depoimento incluído no relatório.

*Com informações da AFP





Source link